MArquE
  • processo seletivo de bolsistas PIBE – setor de documentação museológica

    Publicado em 11/12/2019 às 10:04
    Processo seletivo bolsista PIBE no MArquE para setor de documentação museológica:
    • 20 horas semanais;
    • Valor da bolsa: 364,00 + 132,00 (vale transporte);
    • Requisitos:
    • Estar matriculado no curso de graduação em museologia;
    • Ter concluído as disciplinas de Conservação I e de Documentação Museológica;
    • Índice de Aproveitamento Acumulado (IAA) superior a 6,0;
    • Não possuir reprovação por Frequência Insuficiente (FI) no semestre anterior.
    • Inscrição:  10 a 13 de dezembro de 2019, por e-mail;
    • Data da entrevista: a confirmar por e-mail aos candidatos selecionados;
    • O horário da entrevista será  enviado por e-mail até o dia 17 de dezembro;
        • Resultado da seleção: 23 de dezembro de 2019;
    • Período previsto de estágio: de 2 de janeiro de 2020 a 1º de março de 2020.

    Para inscrever-se é necessário enviar um curriculum vitae e uma carta de apresentação para o e-mail ufsc.mu.museologia@gmail.com com a identificação “PIBE 2020” no assunto


  • Palestras abordam os povos de Lagoa Santa

    Publicado em 02/12/2019 às 11:46

    Descrição da imagem: cartaz de divulgação em tons de laranja. Na parte superior há uma fotografia de dois crânios humanos com uma tarja branca onde está escrito “Os povos de Lagoa Santa”. Abaixo à esquerda há um retângulo em destaque com aspas grandes e os dizeres: “Localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, a região de Lagoa Santa é internacionalmente famosa pela enorme quantidade de sítios arqueológicos do Holoceno Inicial (11.500 a 8.000 anos antes do presente), estudados desde o início do século XIX. Nossa equipe trabalha na região desde 2005 com o objetivo de descobrir e entender quem eram esses brasileiros, de onde vieram, quais suas doenças, o que caçavam, pescavam e coletavam no cerrado mineiro e por fim, como enterravam seus mortos 10 mil anos atrás.” texto de de Rodrigo Elias e André Stauss. Abaixo do destaque, há escrito: “O Museu de Arqueologia e Etnologia Professor Oswaldo Rodrigues Cabral, MArquE/UFSC e o Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia LEIA/CFH/UFSC tem o prazer de convidá-los para as palestras “’Morte e vida na Lapa do Santo: uma biografia arqueológica dos povos de Luzia” ministrada pelo professor Doutor Rodrigo Elias de Oliveira, Instituto de Biociências, USP  e  “Arqueogenética do Brasil pré-colonial: de Lagoa Santa aos Sambaquis do sul do Brasil”, pelo professor Doutor André Menezes Strauss, Instituto de Biociências, USP”. Abaixo, quadro em destaque onde se lê data: 10 de dezembro de 2019; horário: 18 horas; local: Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), auditório do bloco E, anexo. À direita há uma fotografia colorida de dois sepultamentos. Na parte inferior, as marcas do Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia e do MArquE.

     


  • Oficina Desenvolvendo acervos digitais em rede: resultados, processos e experimentos a partir do projeto de pesquisa Tainacan

    Publicado em 16/10/2019 às 14:23

    O Museu de Arqueologia e Etnologia Professor Oswaldo Rodrigues Cabral – MArquE/UFSC e o Curso de Graduação em Museologia da UFSC convidam para a oficina  “Desenvolvendo acervos digitais em rede: resultados, processos e experimentos a partir do projeto de pesquisa Tainacan”, ministrada pelo professor Dalton Martins, da UNB, criador do Tainacan. Ela ocorrerá nos dias 7 e 8 de novembro de 2019, na UFSC.

    As inscrições podem ser feitas no seguinte endereço: https://forms.gle/ZWP24n7Mqs7BaiiQ8

    Contamos com a sua presença!

     

     

    Descrição da imagem: cartaz de divulgação nas cores azul e branco. No topo há escrito em letras grades azuis sobre fundo branco as palavras “Oficina Tainacan” e em letras médias”Desenvolvendo acervos digitais em rede: resultados, processos e experimentos”. Na parte central há escrito em letras brancas sob fundo azul: 07/11 – 9:00 às 13:00 Encontro no laboratório de expografia, localizado no ultimo andar no bloco A do Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFH. 07/11 14:00 às 18:00 Encontro no laboratório de documentação, localizado no segundo andar do bloco D do Centro de Ciências da Educação – CED. 08/11 9:00 às 13:00 e 14:00 às 18:00 Encontro no laboratório de documentação, localizado no segundo andar do bloco D do Centro de Ciências da Educação – CED.  Conteúdo: O projeto Tainacan: motivações, diagnósticos, metodologia de pesquisa, resultados e processos de trabalho; Usando o software Tainacan para organização e desenvolvimento de acervos digitais: introdução ao WordPress; Instalando e configurando o Tainacan; Formação de coleções; Planejamento e implementação de metadados; Trabalhando com taxonomias; Importando e exportando dados; Exercitando a interoperabilidade; Criação de exposições digitais utilizando o Gutemberg; Publicando e divulgando acervos. Na extremidade inferior há as logos do MArquE, do curso de graduação em museologia/UFSC e da Universidade de Brasília e o endereço: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC – Rua Engenheiro agronômico Andrei Cristian Ferreira, Bairro Trindade, Florianópolis.


  • Museus e Resistência II : Museologia em Movimento PROGRAMAÇÃO AMPLIADA E LOCAL ALTERADO

    Publicado em 12/09/2019 às 12:35

    O MArquE e o curso de graduação em Museologia da UFSC convidam para a segunda edição do evento Museus e Resistência, que ocorrerá nos dias 24, 25 e 26 de setembro de 2019.

    As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo link  https://forms.gle/LmjT3wFejdrVqQko6

     

    Descrição da imagem: cartaz de divulgação com fundo nas cores amarelo, laranja e branco. No topo há o símbolo do Evento Ciclo de Debates Museu em curso, e ao seu lado lê-se: organizado por MarquE e Curso de Museologia. Abaixo, em destaque, está o nome do evento, escrito em preto: II museus e resistência: museologia em movimento. Programação: 24/09 – local: Cinema do Centro Integrado de Cultura. 8:30 às 9:30 credenciamento; 09:30 às 10:00 cerimônia de abertura; 10:00 às 12:00 – conferência de abertura: liberte o nosso sagrado, com Flávia Pinto; 12:00 às 14:00 intervalo para almoço; 14:00 às 17:00 – Mesa 1 – museologias possíveis – mediadora Elisa Schemes – museóloga; Rede de Museus Indígenas: Suzenalson Kanindé; Memória LGBT e Museus: Jean Baptista, Tony Boita e Inês Gouveia.
    Programação: 25/09. Local: Cinema do Centro Integrado de Cultura. 14:00 às 17:00 Mesa 2: Experiências de resistência em museus. Mediador: Lucas Figueiredo Lopes – museólogo do MArquE. Com: Museu Nacional: Thais Mayumi Pinheiro; Memorial da Resistência: Marília Bonas; Museu Vivo de São Bento: Aurelina de Jesus Cruz Carla. Programação: 26/09 local: Cinema do Centro Integrado de Cultura. 14:00 às 16:00 Conferência de encerramento: Mário Chagas – diretor do Museu da República – Rio de Janeiro. 16:00 as 17:00 Plenária Final.
    Na parte superior esquerda lê-se: OFICINAS: dia 25/09 e 26/09 local: Cinema do Centro Integrado de Cultura 09:00 as 12:00 – Museologia e Direitos Humanos. ministrante: Thainã Silveira de Medeiros; local: Auditório do Museu Victor Meirelles 09:00 as 12:00 – Inventário Participativo. ministrante: Inês Gouveia; local: Fazendinha – Centro de Filosofia e Ciências Humanas – UFSC. 09:00 as 12:00 Paralelos Assimétricos entre natureza e cultura: analogias e completudes para compreender o patrimônio ambiental. ministrante: Fernanda Canto. Inscrição: Na página do Facebook “Museus e Resistência”. fb.com/Museus-e-Resistência-100390388009474. Contato: museuseresistencia@gmail.com. Na parte inferior da página há uma caixa com as logos dos apoiadores: MArquE, Curso de Graduação em Museologia da UFSC, Museu Victor Meireles, Musue da Imagem e do Som, Secretaria de Cultura e Arte, UFSC..


  • Curso de introdução à arqueologia para docentes da educação básica

    Publicado em 15/08/2019 às 9:04

    O MArquE e a Secretaria de Educação à Distância (SEAD/UFSC) vêm trabalhando em parceria para a elaboração de um curso de extensão para docentes da educação básica, na modalidade Educação à distância, com o objetivo de ampliar o repertório teórico e de recursos pedagógicos para o trabalho educativo com conteúdos da arqueologia. A primeira turma se inicia no dia 01/09, e suas vagas são destinadas a professores de educação infantil e de ensino fundamental (1º a 6º ano) de escolas públicas catarinenses. As vagas são limitadas. Para solicitar sua inscrição, clique aqui ou entre no endereço  https://tinyurl.com/eadarqueologia

    *descrição da imagem: cartaz de divulgação do curso, em tons de marrom e com frisos com formas geométricas que remetem a inscrições rupestres. No cartaz lê-se: Arqueologia para professores da educação básica. Curso de 60 horas, 100% à distância, com certificado de extensão pela Universidade Federal de Santa Catarina. Data da primeira turma: 1º de setembro a 1º de dezembro de 2019. Inscrições gratuitas.Vagas limitadas. Nesta primeira turma, estamos abrindo as vagas para docentes da  educação infantil e do 1º ao 6º ano do ensino fundamental que atuem em escolas públicas do estado de Santa Catarina.  O pedido de inscrição deve ser feito entre os dias 13/08 e 26/08 pelo link:  https://tinyurl.com/eadarqueologia .Para maiores informações, entre em contato pelo e-mail eadarqueologia@gmail.com ou pelo telefone (48)3721 6421. Abaixo há as logos da UFSC, do MArquE e da SEAD.


  • Oficina de documentação e conservação de acervos arqueológicos

    Publicado em 14/08/2019 às 10:28
    A SECARTE, o MArquE e a Coordenadoria Especial de Museologia, em parceria, desenvolveram o projeto “Requalificação da exposição Alimentação”, o qual é constituído de várias etapas, incluindo a capacitação de estudantes do curso de Museologia para ações de conservação e documentação de acervo arqueológico, que é o tipo de acervo que compõe esta exposição.
    Tendo isso em vista, estamos oferecendo uma oficina de capacitação em conservação e documentação de acervo arqueológico, visando, a partir dela, escolher cinco estudantes para compor a equipe a trabalhar na conservação das peças que, até então, estavam expostas na Fortaleza de São José da Ponta Grossa.
    Esta oficina terá 6h de duração e acontecerá no sábado, dia 17 de agosto de 2019. A ação de conservação e documentação do acervo ocorrerá no sábado seguinte, dia 24 de agosto de 2019. Ao se inscrever, esteja certo de que terá disponibilidade para fazer a oficina do dia 17 de agosto e tenha em mente que talvez possa ser chamado para a ação do dia 24 de agosto, que acontecerá nos turnos da manhã e da tarde.
    Link para o formulário de inscrição: https://forms.gle/gPLY9Yiwn4jVuFjB9
    * descrição da imagem: cartaz de divulgação da oficina, em tons de laranja. É formado por quatro retângulos. No superior esquerdo lê-se: oficina de capacitação – introdução a documentação museológica e documentação para acervos arqueológicos – quando: 17 de agosto de 2019 (sábado) das 9:00 às 16:00. Onde? Laboratório de comunicação museológica e práticas expográficas – LABEX (CFH, Bloco A, segundo andar). No retângulo inferior direito há as logos do MArquE, do curso de graduação em Museologia, do Projeto Fortalezas e da SECARTE. No retângulo superior direito há a fotografia de uma mulher usando jaleco e luvas, segurando um fragmento de vaso cerâmico e um pincel. No retângulo inferior direito lê-se: número de vagas: 12 – pré requisito: ter cursado Conservação 1 – Período de inscrição: 12 a 14 de agosto de 2019 – inscrição: https://forms.gle/gPLY9Yiwn4jVuFjB9

  • MArquE participa do evento “UFSC na Praça”

    Publicado em 11/06/2019 às 13:26

     

    O MArquE participou, nas pessoas da arqueóloga Luciane Scherer e da diretora Ana Letícia Trívia, do evento “UFSC na Praça”, que ocorreu no sábado 08 de junho no bairro Serrinha, no entorno da Universidade.

    O evento tem como proposta proporcionar um maior contato da população em geral com os conhecimentos produzidos na Universidade. As servidoras do Setor de Arqueologia levaram materiais pedagógicos do MArquE, como fichas e livros, para mediar essa relação com a comunidade.

     

    *descrição da imagem: fotografia colorida do evento. Em primeiro plano há fichas pedagógicas do MArquE expostas como em um varal. Elas têm fotografias coloridas grandes de acervos arqueológicoa do Museu, como lâminas de machado, potes de cerâmica, dentes de tubarão, dentre outros. Em segundo plano há participantes e organizadores e ao fundo vêem-se casinhas e construções maiores da comunidade.


  • menção honrosa para relato de ação inclusiva no MArquE

    Publicado em 07/06/2019 às 18:52

    A estagiária de Promoção de Acessibilidade Renata Mothcy, estudante de Letras-Libras que atua no Setor Pedagógico, recebeu menção honrosa na Semana de Letras da UFSC por seu banner que relata seu trabalho junto ao MArquE. Sob supervisão das pedagogas e orientação da professora Silvana Aguiar dos Santos, Renata tem se empenhado em ampliar a acessibilidade do Museu às pessoas surdas, colaborando no intento de tornar o MArquE um museu cada vez mais inclusivo, no sentido de garantir aos diferentes públicos a efetivação de seus direitos culturais.

     

    *Descrição da imagem: Renata sorri ao lado do seu banner. Ela veste colete cinza bordado com a logo do Setor Pedagógico do MArquE. À direita está seu banner, em tons de cinza e roxo, onde se lê “o acesso das comunidades surdas ao Museu da UFSC – MArquE”


  • Resultado da seleção de estagiários para Setor Pedagógico

    Publicado em 03/04/2019 às 14:05

    Os setor pedagógico divulga o resultado da seleção de estagiários  para atuar com  bolsa PIBE – mais informações sobre a seleção podem ser consultadas aqui.

    Estudantes classificados para atuação no setor pedagógico, por ordem de classificação:

    1 – Gabriel Santos Ramos – selecionado

    2 – Matheus Barbi

    3 – Luísa Vieira Philippi May

    4 – Thainá  Machado Freire

    5 – Paula Ziemer


  • Resultado da seleção de estagiários para documentação e conservação

    Publicado em 27/03/2019 às 16:27

    Os setores de documentação museológica e de conservação divulgam o resultado da seleção de estagiários  para atuar com  bolsa PIBE – mais informações sobre a seleção podem ser consultadas  aqui (documentação) e aqui (conservação)

    Estudantes classificados para atuação no setor de documentação museológica, por ordem de classificação:

    1 –  Ian Misael Reis – selecionado

    2 – Kaiany Siqueira S. Alexandrina

    3 – Emily Oliveira Menezes

     

    Estudantes classificados para atuação no setor de conservação, por ordem de classificação:

    1 – Suellen Luisy Farias da Rosa – selecionada

    2 – Emily Oliveira Menezes

    3 – Kaiany Siqueira S. Alexandrina

    A estudante Ilione Lima Alves Coutinho foi desclassificada por não ter cursado a disciplina de documentação, critério obrigatório conforme a chamada da vaga.