MArquE
  • Festas de fim de ano

    Publicado em 21/12/2017 às 10:52

     

     

    Informamos que o MArquE não estará aberto nos dias 25/12/17 e 01/01/18.

    * descrição da imagem: cartão com fundo preto e detalhes e letras em dourado, onde se lê: A equipe do MArquE deseja a todos os visitantes e parceiros Boas Festas e um ótimo ano de 2018!


  • Abertura do MArquE no horário de verão

    Publicado em 12/12/2017 às 13:15

    As exposições “Arqueologia em Questão” e “Tecendo saberes pelos caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng”  estarão abertas ao público em horário especial durante o verão.

    Quando: de terça a sexta das 9:00 às 13:00 e primeiro sábado do mês das 13:00 às 17:00

    Quanto: gratuito

    Onde: Pavilhão de Exposições Silvio Coelho dos Santos – MArquE – Campus Trindade. Aos sábados, entrada exclusivamente pela rótula da Trindade (rua Lauro Linhares).


  • Mostra “Caminhos Rendados” no Espaço Aberto

    Publicado em 13/11/2017 às 21:59

    A terceira ação de comunicação contemplada no Edital Espaço Aberto 2017 recebe o público até o dia 02 de dezembro.

    • Descrição da imagem: cartaz de divulgação da Mostra Caminhos Rendados. Sobre fundo rosa, há diferentes fragmentos de fotografias de rendas brancas com diferentes formatos e pontos. No terço inferior lê-se, em letras azul escuro: Mostra caminhos rendados. 07/11 a 02/12 – terça – sexta, 09h – 17h. No Espaço Aberto do Museu de Arqueologia e Etnologia da UFSC – MArquE.

  • Museu em Curso de novembro discute Educação Patrimonial

    Publicado em 01/11/2017 às 15:35

    *descrição da imagem: cartaz de divulgação da palestra, em formato retangular, com fundo branco, escrita em preto e destaques em laranja. No terço superior da imagem vê-se o símbolo do ciclo de palestras Museu em Curso. No centro há as informações:
    palestra: Experiências de Educação Patrimonial em Laguna
    Palestrante: Professor Dr. Douglas Heidtmann Junior
    Pesquisador graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas, Mestrado e Doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina, na área de Preservação do Patrimônio Cultural. Especialista em Gestão da Paisagens Culturais junto ao curso “Formation des experts internationaux en Conservation, gestion et valorisation durables des Paysages culturels et des systemes et sites patrimoniaux” por meio do consórcio de universidades européias (Université Jean Monnet, França, Università degli Studi di Napoli Federico II, Itália e Universität Stuttgart, Alemanha).
    Programe-se! Quando? 07 de novembro 15 horas. Onde? Auditório do MArquE. Informações: 48 37219325. Serão fornecidos certificados de participação. Na extremidade inferior há as logos do MARquE e da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC.


  • Equipe do MArquE realiza formação sobre acessibilidade

    Publicado em 30/10/2017 às 11:13

    Visando aprimorar o atendimento aos públicos no MArquE, o setor pedagógico tem proporcionado à equipe momentos de formação continuada.

    No último encontro, foram abordados tópicos acerca da acessibilidade e do acolhimento de pessoas cegas e com baixa visão no espaço museal.


  • Exposição “Tecendo Saberes Pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng” aberta até julho de 2018

    Publicado em 25/10/2017 às 11:45

    Está aberta, até dia 20 de julho de 2018, a exposição “Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng”, nas sala de exposições de curta duração do Pavilhão de Exposições Antropólogo Sílvio Coelho dos Santos”.

    Concebida por meio de curadoria compartilhada com representantes Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng e a equipe do projeto “Saberes Indígenas na Escola”, a exposição desvela contribuições do projeto para o diálogo entre a educação formal nas escolas indígenas e o saber tradicional.

    O que: Exposição “Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng”

    Quando: de 18 de outubro de 2017 a 20 de julho de 2018
    de terça a sexta, das 9:00 às 17:00; no primeiro sábado do mês, das 13:00 às 17:00 (exceto feriados e emendas)
    (aos sábados, a entrada de veículos deve ser feita feita pela rótula da Trindade/Lauro Linhares)

    Quanto: gratuito

    *descrição das imagens: duas fotografias em cores mostrando diferentes ângulos da exposição. A fotografia acima do texto mostra a entrada da exposição, estando aparentes o texto de abertura em tinta e em braille, fotografias de anciões dos três grupos indígenas e cenografia em bambu e folhas naturais. A fotografia abaixo do texto tem, à frente, o módulo 3 da exposição, composto por objetos em materiais como madeira e fibras naturais em expositores brancos. Ao fundo vê-se o módulo 4, composto por trabalhos realizados nas escolas.


  • Abertura da exposição “Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng”

    Publicado em 19/10/2017 às 10:14

    O MArquE realizou, nesta quarta feira 19 de outubro de 2017, a abertura da exposição “Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng”. A exposição foi concebida por meio de curadoria compartilhada com representantes dos três grupos indígenas e do projeto Saberes Indígenas na Escola, e para a abertura priorizou-se o convite aos sábios indígenas (os “mais velhos”), que se deslocaram de suas aldeias até o MArquE para prestigiar esta ação de comunicação museológica.

    Para além do cerimonial tradicional, com as falas das autoridades e de representantes indígenas, a abertura contou com fogueira, música e muita confraternização.

    A exposição, que fica aberta até 29 de junho de 2018, desvela contribuições do projeto “Saberes Indígenas na Escola” para o diálogo entre  as escolas indígenas e o saber tradicional.

     


  • Espaço Aberto recebe a exposição “Invisíveis na Cidade: rastros e restos de um abrigo de alienados”

    Publicado em 16/10/2017 às 9:31
    A exposição “Invisíveis na cidade: rastros e restos de um Abrigo de Alienados” trata sobre os vestígios de existência do Abrigo Municipal de Alienados Oscar Schneider (1923-1942) e das vidas a ele tramadas. Esse lugar foi a primeira instituição psiquiátrica de Joinville e teve papel importante nos primórdios da história da saúde mental do estado de Santa Catarina. A exposição está ocorrendo até o dia 27/10 no Espaço Aberto do MArquE (Museu de Arqueologia e Etnologia / UFSC) e se baseia na dissertação produzida por Mariana Zabot Pasqualotto no Programa de Pós- graduação em Psicologia da UFSC, Núcleo de Pesquisa em Práticas Sociais, Relações estéticas e Processos de Criação (NUPRA), com apoio da bolsa CAPES. 
     
    O que: Exposição “Invisíveis na cidade: rastros e restos de um Abrigo de Alienados”
    Quando: 3 a 27 de outubro de 2017, de terça a sexta, das 9hs às 17hs.
    Quanto: Gratuito
    *descrição da imagem: logo da exposição, com fundo preto e o título escrito em letras brancas

  • Museu em Curso de outubro discute interpretação, conservação e extroversão na arqueologia

    Publicado em 06/10/2017 às 8:50

    descrição da imagem: cartaz de divulgação do Museu em Curso, em fundo branco com elementos gráficos em marrom e laranja. Na parte superior há o símbolo e o nome do ciclo. Na parte central lê-se: palestra: Arqueologia de campo de batalha – interpretação, conservação, extroversão. Abaixo está o breve currículo do palestrante: Conservador Arqueológico.
    Docente do Curso de Antropologia/Arqueologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Atua nas seguintes Linhas de Pesquisa: Conservação de Materiais Arqueológicos e Arqueologia de Campo de Batalha. Coordenador da Gestão de Acervos e Pesquisador do Laboratório Multidisciplinar de Investigação Arqueológica – LÂMINA, do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel); responsável pela área de Conservação Preventiva e Conservação Curativa de Materiais Históricos e Arqueológicos. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia e Arqueologia da UFPel. Coordenador do Grupo de Pesquisa do CNPq Conservação Preventiva e Curativa de Coleções Arqueológicas. Coordenador do Projeto de Pesquisa: Conservação in situ de Materiais Arqueológicos. Possui Doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Mestrado em Botânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS e Graduação em Ciências Biológicas pela Facultad de Humanidades y Ciencias, FHC, Uruguai
    Programe-se! Quando? 10 de outubro, 15:00; onde? auditório do MArquE. Informações: 48 3721 9325. Serão fornecidos certificados de participação. Na extremidade inferior há os símbolos do MArquE e da UFSC.


  • Luto – falecimento do Magnífico Reitor Luiz Carlos Cancellier

    Publicado em 02/10/2017 às 14:44

    O MArquE informa com pesar o falecimento do Magnífico Reitor Luiz Carlos Cancellier.

    Tendo em vista o luto oficial de três dias decretado em decorrência deste fato e a consequente suspensão das atividades da Universidade, o Museu se manterá fechado.